Dia dos Anjos da Humanidade

Compartilhado do facebook de Loly Lenz

Hoje é o Dia dos Anjos da Humanidade
(19/03, 31/05, 12/08, 05/01 e 24/10).
Um dia muito forte na tradição angélica para ajudar você a pacificar sua vida, harmonizar os caminhos, obter êxito na sua vida profissional e também sentimental, além de propiciar a cura de todos os males, amém!

“Bendito é o meu desejo porque ele é realizado”.
Ei de vencer!

Featured image

Santo Anjo do Senhor

Meu zeloso guardador

Se a ti me confiou a Piedade Divina

Sempre me rege

Me guarde,

Governe e ilumine.

Amém!

Saudações! Namastê! Shalom!

Anúncios

Nossa Senhora do Caravaggio

Featured image

Pedimos a Nossa Senhora do Caravaggio que coloque sua mão sobre o Mundo, e nos abençoe e ilumine com seu amor e ternura. Dai-nos tua Paz Mãe querida!

Ó Maria, Virgem Santa de Caravaggio,
do presépio até a cruz cuidaste do teu Filho,
e para Joaneta, foste consolação e fonte de paz.
Mostra-nos o Salvador: fruto do teu ventre,
e ensina-nos a acolher Jesus
e seguir seu Evangelho.
À tua proteção recorremos, ó cheia de graça,
em nossas necessidades: livra-nos dos perigos;
ajuda-nos a vencer as tentações;
leva ao Senhor nossa prece
e mostra que és nossa mãe, a mãe que ele nos deu.
Roga por nós, Nossa Senhora de Caravaggio,
para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
Amém.

Foto: Tai Santos – Santuário de Caravaggio – Farroupilha/RS

E aí, você já foi atingido? Onde?

O bem-querer nos atinge de maneiras diferentes:

  • quando você é “atingido” na cabeça, é admiração; você admira a pessoa pela personalidade dela;
  • quanto você é “atingido” na região genital, é paixão; você sente uma forte atração pelos atributos visuais e sensoriais da pessoa amada;
  • agora, quando você é “atingido” no peito, bom aí é amor; você sente todas as anteriores, mas bem na verdade, você não sabe exatamente porque gosta tanto da pessoa, só sabe que quer estar com ela, com todas as suas qualidades e defeitos; até porque, à essa altura do campeonato meus amigos, o “porque” de tudo é o que menos importa.

Nosso grande objetivo na vida é o amor. O resto é silêncio.

(Manuscrito encontrado em Accra – Paulo Coelho)

Featured image

Saudações! Namastê! Shalom!

Atraindo Prosperidade e Abundância

Hoje estava um pouco pessimista com relação a minha vida financeira, e quando percebi que a ansiedade e o medo estavam se aproximando demais, resolvi fazer um exercício para afastá-los. Consegui!

Segue o exercício que fiz. Espero que inspire vocês a buscarem seus próprios exercícios, mentalizações e meditações, toda vez que perceberem que algum pensamento negativo e contrário ao que estão buscando se aproxime.

1) Primeiro me sentei na posição de meditação:

Featured image

2) Relaxei e comecei a pensar em atrair prosperidade e abundância para mim, com o intuito de ajudar a mim mesma e a minha família a sair dos problemas financeiros.

3) Em seguida comecei a entoar o mantra: OM HRIM SHRI LAKSHMI BHYO NAMAHA  (clique no mantra que você pode escutá-lo no YouTube).

4) Depois, ao som de músicas relaxantes, comecei a pintar uma Mandala:

Featured image

5) Logo após pintá-la e me concentrar nela, comecei a reforçar a pintura para ficar melhor e um outro mantra me veio a mente de repente, e tomou conta de mim. Comecei a entoá-lo automaticamente: OM NAMAH SHIVAYA (clique no mantra para escutá-lo).

Depois disso fui procurar qual o significado desse mantra. É uma invocação a Shiva, considerado um dos mantras mais poderosos que existem. Fiquei muito feliz e senti uma paz muito grande. SOU GRATA!

Aqui você encontra uma explicação bem detalhada sobre esse mantra:

http://www.grandefraternidadebranca.com.br/mantras_shiva.htm

Obrigada! Obrigada! Obrigada!

Saudações! Namastê! Shalom!

Eu escolhi… e você?

Featured image

Prímula – a flor da felicidade

Eu escolhi ser feliz, apesar dos outros, apesar dos fatos.

Eu escolhi ser alegre, apesar da luta.

Eu escolhi ser bonita, apesar dos defeitos.

Eu escolhi ser perfeita, apesar das imperfeições.

Eu escolhi acreditar, apesar do erro.

Eu escolhi o amor, apesar da solidão.

Eu escolhi a Paz, apesar do caos.

Eu escolhi SER, além de parecer, além de estar.

Plenitude, Paz, Felicidade, Amor não são meras palavras, nem meros pensamentos. São sentimentos. Não se encontra em coisas e pessoas. Se busca dentro, lá no fundo de nosso ser. Na alma. No espírito. Na nossa parte Divina. Quando sentimos de fato essas palavras, aí sim as coisas e pessoas vão sempre ser plenas, pacíficas, felizes e amorosas.

Assim é! Assim será! Que assim seja!

Saudações! Namastê! Shalom!

Seja gentil SEMPRE

Moro numa cidade onde gentileza parece ser sinônimo de fraqueza. Parece que as pessoas sentem vergonha de ser gentis, é impressionante!

O comércio é um lugar onde a quantidade de reclamações sobre a forma de atendimento é enorme. Todo mundo já foi mal atentido em algum lugar (ou vários). E ontem aconteceu uma coisa muito bacana comigo, que demonstra o quanto as pessoas estão carentes de gentileza.

Duas vezes por semana, geralmente, atendo em uma loja de uma conhecida minha. Já trabalhei lá por um ano, na época de minha pós-graduação, para pagá-la, claro e aproveitei para fazer o trabalho final com pesquisa in loco. Depois disso, sempre vou aos domingos e em algum dia da semana que ela precisa. A loja é de roupa feminina, estilo butique, cara e sofisticada, portanto. Ontem, eu estava lá, atendendo uma cliente já conhecida, quando entrou um homem, muito simples, com roupas simples e sotaque de interior. Eu o olhei e disse a ele: “pois não,o que era para o senhor?” Ele disse: “vim buscar um casaco de malha que vi ontem com a outra menina”. Eu, calma e sorridente, lhe disse: “sim, claro, só vou terminar de atender ela e já lhe atendo, mas pode ficar a vontade”. Quando eu disse isso ele falou: “calma tá, não é um assalto”. Eu sorri novamente e disse: “claro, claro, eu sei que não, só vou terminar aqui com ela, ok”. Ele sorriu e disse: “ok, ok”. A cliente que eu estava atendendo disse prontamente: “Imagina, pode atender ele que eu ainda vou provar essas aqui e decidir”. Eu então me voltei pra ele e comecei a atendê-lo. Ele me disse que tinha ficado devendo o presente de Dia das Mães para a esposa dele, pois só havia recebido durante a semana. Eu e a cliente achamos aquilo “o máximo” e o elogiamos por isso. Ele ficou sorridente com nossos comentários e quis olhar outras coisas, pois começou a se sentir mais a vontade. Mostrei-lhe várias opções, ele escolheu duas. Em momento algum ele perguntou o valor, apenas disse que iria pagara à vista. Fui ao balcão para cobrar e fazer o pacote de presente e ele e a cliente começaram a conversar. Ela disse que gostaria que o namorado fosse como ele, pois ela não tinha ganhado nada de presente, ele disse que ainda ia olhar uma bota porque a esposa disse que queria roupa e bota. Aí ele nos olhou e disse o seguinte: “essa é a terceira loja que eu entro, desde ontem, e só aqui eu fui bem atendido. Nas outras, elas me olhavam e nem falavam nada, já estava quase desistindo. Quando você me disse “pois não, o que era pro senhor” e sorriu eu me senti melhor. Eu sou do campo, da roça, por isso to vestido assim, por isso sou simples, mas as pessoas não sabem que roça dá dinheiro!”. Eu disse: “não se preocupa, todos nós já fomos mal atendidos em algum lugar por estar vestido de maneira simples, porque infelizmente as pessoas ainda são preconceituosas com esse tipo de coisa”. Ele concordou e me agradeceu, várias vezes, pelo atendimento, pelo pacote, pela conversa. Me disse que viria mais vezes ali e ia trazer a esposa. Levou duas peças lindas, à vista, pediu uma indicação de uma loja de calçados, que tivesse “botas bonitas” e seguiu.

Quis compartilhar essa história, em detalhes, apenas para exemplificar uma frase, que todos já conhecemos: GENTILEZA GERA GENTILEZA.

Ele foi para casa com uma sensação boa, feliz por ter comprado o presente para sua esposa, por ter encontrado alguém que lhe deu a atenção que merece. Mas eu vim para casa com uma sensação melhor ainda, por ter sido a pessoa que lhe deu atenção e que lhe proporcionou algo de bom. FAZER O BEM FAZ BEM. Sou muito grata por esse acontecimento.

Espero, do fundo do meu coração, que pessoas do comércio leiam este texto e parem pra pensar. Como dizem os antigos, “coloque a mão na consciência” e observe como você age diante de pessoas que considera “incapazes” de comprar na sua loja, na loja em que trabalha. Mesmo que a pessoa realmente não tenha condições, você não precisa tratá-la mal. Não justifique sua grosseria, só porque a pessoa “entrou no lugar errado”. Lembre-se: a Lei da Atração é INFALÍVEL. Se você age com arrogância e grosseria, vai receber isso de volta algum dia, pode ter certeza disso!

Espalhe bondade! Espalhe sorrisos! Espalhe luz! Sem medida!

Featured image

José Gentileza, o Profeta, nos ensinou muito!

Saudações! Namastê! Shalom!

Pobreza nem sempre serve de desculpa

Hoje, ao assistir o jornal local do meio dia, vi uma reportagem sobre um homem, muito humilde e pobre, que teve pouco estudo, não tinha dinheiro para comprar livros e mesmo assim está conseguindo incentivar seus filhos a lerem. Na época em que era gari, ele recolhia os livros que eram jogados fora, para ler. Começou a ler para os filhos pequenos e foi além. Quando não tinha o que ler, escrevia estórias em um caderno, depois lia para os pequenos. Uma pessoa soube de seu esforço e o ajudou a publicar um livro infantil, simples, estilo fanzine, mas que está animando toda a criançada da escola onde os filhos estudam. Aliás, ele é orgulho para os filhos e a esposa, que se emocionaram ao falar dele. Esse pode ser chamado de PAI DE FAMÍLIA, assim com letras maiúsculas.

Essa história me cativou, e me fez pensar: “viu, pobreza não é desculpa para virar marginal!” E não é mesmo. Todos sabemos o quanto é difícil viver na miséria; o quanto é difícil criar filhos na miséria; o quanto é difícil não cair na tentação de ir pelo caminho “mais fácil” da marginalização. Mas se fazer de vítima nunca é a melhor saída. A culpa é sempre da pessoa, não das circunstâncias!

Quem quer de verdade melhorar sua vida, ou a vida de outra(s) pessoa(s) consegue, independentemente da situação que o rodeia. E quando “a coisa tá feia” como dizemos, a melhor saída é a criatividade. Mas ela só irá gerar coisas boas se a pessoa for boa, se tiver caráter, moral, bom coração.

Fico pensando, que exemplo maravilhoso essas crianças têm em casa, com um pai que fez tudo isso por elas e virou exemplo na comunidade onde mora. Certamente eles levarão isso em consideração quando se tornarem adultos, assim espero. E que Deus abençoe essa linda família. Que o Universo conspire para que eles tenham uma vida cada vez melhor, a cada dia!

Clique aqui para ver a reportagem na íntegra, vale muito a pena assistir!

Saudações! Namastê! Shalom!