Sonhar é uma viagem…

Já pararam pra pensar sobre os sonhos? Eu já, várias vezes… e agora mais ainda!

Featured image

Para a Ciência, o sonho é “uma experiência de imaginação do inconsciente durante nosso período de sono”(1). Para a Psicanálise o sonho é “o espaço para realizar desejos inconscientes reprimidos”(1), conceito esse defendido por Freud. Mas para Jung o sonho é “uma ferramenta da psique que busca o equilíbrio por meio da compensação (…) e na busca pelo equilíbrio, personagens arquetípicas interagem nos sonhos em um conflito que buscam levar ao consciente conteúdos do inconsciente”(1). Muitos cientistas, religiosos e estudiosos de diversas vertentes também admitem a existência de sonhos premonitórios.

Enfim, o assunto “dá pano pra manga” e no fundo, ninguém tem 100% de certeza sobre o quê exatamente é o sonho e qual sua importância em nossa vida.

Nas filosofias e crenças que estou estudando atualmente (Kabbalah, Sagrado Feminino, Budismo, Hinduísmo) o sonho é de grande importância para quem está em seu despertar espiritual e plenamente consciente de sua evolução como espírito. Manter um diário de sonhos é quase obrigatório. Então comecei a fazer o meu. Mas confesso que no começo é bem esquisito. Explico.

Você já tentou narrar no papel um sonho? Se ainda não, aconselho que o faça. Você vai ver o quanto é difícil explicar um sonho!!! Os sonhos não tem a lógica de tempo e espaço que conhecemos conscientemente, então é difícil descrevê-lo. Quando vamos contar para alguém nosso sonho é mais fácil, mas escrever é bem esquisito!

Agora, a parte de tentar interpretar seu próprio sonho é bem divertido (e revelador!). Não estou falando sobre interpretações no sentido de prever o futuro (como fizeram José, Daniel ou Jacó), ou tentar adivinhar que números jogar na loteria! Digo interpretá-los pela ótica da psique, analisando nosso presente e nosso passado. Ainda estou engatinhando nesse sentido, mas quero me aprofundar porque é bem interessante. O mais indicado é: escrever o sonho logo que se acorda (mesmo que seja pela madrugada); mantenha um bloco ao lado da cama; depois anotá-los no computador, com mais calma e mais precisão, com o máximo de detalhes; deixar para interpretá-lo mais tarde, com bastante calma; você precisa pesquisar um pouco o significado e a simbologia de algumas coisas, com a ajuda da internet facilita, mas sempre buscar se pautar em autores e estudiosos renomados; depois de reunir algumas informações, comece então a analisar o sonho e seus significados relacionando tudo com seu presente (ou seu passado); sua intuição irá guiá-lo.

Só uma sugestão: fiquem longe daqueles livros baratos de interpretação de sonhos! Minha mãe tinha um e todo dia ela procurava o significado de algo que tinha sonhado e sempre era “um mau presságio”, ou alguém com inveja, ou alguém que ia trair, ou alguém que ia adoecer, ou algum acidente!!! Ela estava ficando neurótica e joguei fora, sem ela saber, sério!

Uma coisa que já notei sobre meus sonhos são o seguinte:

  • os sonhos que tenho pela madrugada são altamente confusos e longos; os pesadelos e sonhos trágicos acontecem quando faço refeições muito “pesadas” a noite, como quando saio para comer pizza ou algum aniversário de família; bom, o álcool então nem se fala, me dá sonhos muuuuito loucos, kkkkkk.
  • os sonhos que tenho pela manhã, um pouco antes de levantar, ou depois de ter acordado e dormido aqueles minutinhos a mais, ou ainda naquela dormidinha da tarde de domingo, são bem reais, na verdade se passam no presente mesmo, como por exemplo sonhar que estou dormindo e escuto visitas chegando, conversando, e então levanto para atendê-los, tudo em sonho, mas muito real; já tive sonho de ver minha mãe ou minha irmã entrar no meu quarto e me perguntar alguma coisa (na maioria das vezes, algo bem estranho) e ao levantar vejo que não tem ninguém em casa e depois constato que não, a pessoa não entrou no meu quarto nem me perguntou nada, mas foi absurdamente real!
  • sempre, SEMPRE mesmo, sonho com lugares que vou conhecer, é impressionante!
  • tenho um sonho constante com a casa de meus avós maternos, onde passei boa parte de minha infância e adolescência; essa casa já não existe mais, o lugar é uma empresa, nem meus avós (faleceram a muito tempo), mas sempre sonho com o lugar, e na maioria das vezes, sonho que eu moro lá.
  • já sonhei diversas vezes com desastres, que realmente aconteceram; é estranho, mas é verdade, sonho com o desastre acontecendo comigo ou com alguém da minha família, e muito tempo depois o desastre acontece em algum lugar do mundo, então lembro na hora do meu sonho (como tsunamis, terremotos, acidentes de avião).

Essa parte dos sonhos com desastres é bem ruim, mas é verdade. Já notei várias vezes isso acontecer. Nunca sei onde, quando e com quem vai acontecer, então nem adianta bancar a Mãe Dinah! Agora, os sonhos com os lugares que vou conhecer é bem bacana, porque sempre lembro do sonho na hora e vem uma sensação muito interessante!

Mas, se alguém quer procurar saber sobre sonhos e jogos, aqui os números dos bichos (para jogo do bicho) e aqui tem significado dos sonhos e dicas de números. Vai que… nunca se sabe… se alguém que leu meu post jogar e ganhar, quero uma parte do prêmio, hehehe.

E vocês, já tiveram sonhos premonitórios? Já tentaram fazer um diário de sonhos? Tem algum sonho recorrente? Compartilhe nos comentários, por favor.

Blessed be! Namastê!

(1) Wikipédia

Foto: Tumblr A-Zamiga

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s