O lado negro do despertar

Essa semana li a seguinte mensagem, em uma postagem do facebook:

Muitas pessoas pensam que ser espiritual é ser positivo, mas ser espiritual significa ser consciente. Tornar-se consciente é muito diferente de tornar-se positivo. Para tornar-se consciente nós precisamos ser autênticos. A autenticidade inclui ambos, positividade e negatividade.

(Facebook: Compromisso com o Despertar da Consciência)

12654585_878769152243554_4861388815000061267_n

Essa leitura me fez refletir muito sobre o processo holístico do despertar para a essência, ou empoderamento, como também é chamado. Refleti muito sobre a catarse, que muitas vezes ocorre durante as terapias holísticas (florais, cristais, cromoterapia, entre outros). E também sobre o lado sombra que falam as práticas xamânicas. Esses termos soam como algo negativo e assustador, porque com a medicina tradicional, estamos acostumados ao seguinte processo: sentimos dor ou presenciamos uma mudança negativa na saúde de nosso corpo, vamos ao médico para imediatamente eliminar a dor, ou fazer sumir, mesmo que temporariamente, qualquer mudança visível de doença (problemas de pele, inchaços, feridas, etc); recebemos uma receita de algum medicamento para tomarmos imediatamente e assim damos início à um processo mais longo de tratamento, se for necessário. Agimos da mesma forma quando o problema é psicológico/emocional. Fato é que iniciamos tratamentos, tomando um antídoto antes, uma espécie de “anestésico”, para evitar qualquer dor ou “turbulência” emocional durante o processo. Salvo alguns casos em que o processo todo é dolorido e sofrido, como nos casos de câncer, onde o tratamento é tão ruim ou pior que o sofrimento da doença.

Tudo aquilo que rejeitamos, evitamos ou projetamos – sejam aspectos positivos ou negativos – tornam-se nossas sombras.

(Carl Gustav Jung)

Nas terapias holísticas e xamânicas ocorre uma diferença: a catarse precisa acontecer. Claro, não sentimos dor física, talvez algum desconforto, mas nunca dor. O que ocorre é uma pequena turbulência no emocional, onde tudo o que foi reprimido, vem à tona. Quando inicio uma anamnese na primeira consulta, entrego um texto explicando como será todo o processo e nesse texto há o seguinte campo:

Reações: Não há contraindicações, mas podem ocorrer crises de consciência, que podem durar de 3 a 4 dias e assim como surgem, desaparecem. Também pode ocorrer a catarse floral, que é uma pequena crise que sentimos ao fazer uso dos florais, que tem como objetivo realizar a limpeza interna da pessoa e a expansão da consciência.

Os clientes levam essa ficha para casa, leem e mandam mensagem perguntando o que significa “ocorrer crises de consciência e catarse floral”, com um certo tom de apavoramento na pergunta! Eu também passei por isso, não lembro se cheguei a perguntar para minha terapeuta, mas com certeza fiquei pensando no que estava escrito. Afinal, estou indo para resolver problemas e surgirão outros, como assim! Mas depois de ter passado pelo processo como paciente, hoje sei que os termos assustam mais do que o fato real.

Na verdade, não estamos acostumados a lidar com nossas frustrações, mágoas e mentiras; preferimos evitar lembrar e falar de vergonhas que passamos, humilhações sofridas, ofensas feitas e recebidas, perdas de todas as espécies. Você deve estar se perguntando: Para que reviver tudo, se já foi dolorido na época? Te respondo: Você prefere encarar suas sombras agora e resolver tudo, eliminando todos os lixos emocionais acumulados ou prefere deixar lá, escondido, muito bem trancado e sofrer problemas de saúde e até doenças graves depois? Sabemos, hoje, que a maioria das doenças são frutos de problemas emocionais enraizados e acumulados por anos e até vidas. E você não sabe qual doença e quando ela irá se manifestar.

O estresse e a desarmonia se apresentam primeiramente nos corpos energético e emocional que são sutis, depois alcança e materializa-se como doença no corpo físico.

(Eveli Pitá Yuerá no livro Práticas Bioxamânicas: despertar das capacidades interiores)

Vale salientar que as Terapias Holísticas e Espirituais não substituem a Medicina Tradicional; elas são terapias complementares, que se juntam aos tratamentos convencionais para o bem-estar integral do ser humano. Conheço psicólogo que indicou terapia de regressão à pacientes; conheço pedagoga que utiliza homeopatia e terapia floral nos seus atendimentos; fiquei sabendo recentemente de alguns locais em que a terapia floral e o reiki foram inseridos nos postos de saúde do SUS; conheço médicos que indicaram práticas de ioga e meditação a pacientes com diagnóstico clínico de depressão. Durante a anamnese, todo terapeuta holístico deve perguntar ao paciente se ele está fazendo algum tratamento médico, se está com os exames em dia, se faz atividades físicas, se já esteve em hospital, enfim, tudo o que possa ajudar a entender o momento atual da pessoa e caso o terapeuta sinta a necessidade, aconselha o paciente a conversar com um médico primeiramente, fazer exames de rotina. O terapeuta sempre aconselha o paciente a continuar com seu tratamento médico.

Meu sonho: ver as Terapias Holísticas sendo inseridas em todos os postos de saúde do SUS; ver a Meditação e o Ioga fazendo parte das atividade escolares, desde o pré.

Até lá, nós Terapeutas Holísticos lutamos para oferecer os benefícios que sabemos ser reais em todas as práticas ofertadas, incentivando a busca do equilíbrio do ser. Não devemos ter medo de encarar nosso lado sombra, nosso lado negativo e puxar para fora tudo o que acumulamos de ruim. Devemos ter medo das consequências de manter tudo isso trancado, pois a qualquer momento podem arrebentar as trancas e vir para fora, sem termos a capacidade de lidar com isso.

O problema não está em sofrer. O problema está em o que fazemos com o sofrimento.

Blessed be! Namastê!

Anúncios

2 comentários sobre “O lado negro do despertar

  1. Que texto lindo!!!!!!!!!
    Vou confessar que eu prefiro cuidar de mim mesmo meditando, usando ervas ou algum tipo de forma espiritual para curar e me manter protegido a qualquer tipo de doença. Porque eu sou o tipo de pessoa que vê como as coisas hoje estão, já convivi muito com um médico e passei por situações que me fazem pensar que eles não ligam muito para os outros, claro que não são todos, mas a maioria hoje está interessada em lucrar e não em curar.
    Eu cuido muito bem do meu lado espiritual e entro em acordo com ambos os meus lados, porque não somos 100% uma coisa ou outra, somos isso que é para sermos, naturais!
    Uma vez, antes que minha vó falecesse, eu disse a ela para que cuidasse de seu interior, porque a doença de fato ela não existe, ela mora dentro de nós e a partir dos atos ruins ou pensamentos ruins que tivemos ou temos daí partem as doenças.
    Eu tinha o costume de ler revistas sobre espiritismo aplicado no Japão, (até que li tudo…é! Muito bom). Eu aprendi muito, aprendi demais, mas nunca o suficiente, porém hoje eu vejo que se ela tivesse me escutado um pouco e tivesse limpado seu interior para não ajudar o exterior que já estava carregado pelo câncer, talvez sua recuperação fosse sucedida. Infelizmente nada é como pensamos e se as pessoas pensassem um pouco como cada uma de uma forma positiva, uma forma em que um ajuda o outro, então seria um pouco mais racional.
    Desculpa o textão! É que eu achei seu post incrível mesmo!!
    (Aceito correções caso eu tenha dito asneiras)

    Curtido por 1 pessoa

    • Imagina Lucas, adorei seu comentário, fique sempre à vontade. Também vejo que muitos médicos hoje em dia, pensam mais no lucro e no status de médico. Ainda bem que os curadores e curandeiros(as) estão voltando, com as práticas espirituais e xamânicas em alta! Infelizmente, existem ainda pessoas que pensam a doença como algo externo, ou culpa de outros, ou de Deus, enfim… evitam compreender que tudo começa dentro da gente, mas temos que respeitar a evolução de cada, afinal cada ser humano está em um ponto de sua evolução e precisa passar por tudo que tem que passar; podemos tentar ajudar sim e aqueles que precisarem de nossa ajuda, irão se beneficiar, mas aos que precisam passar por alguma prova ou finalização de karma, não tem jeito, apenas devemos permanecer ao seu lado, como você fez com sua avó. Obrigada por compartilhar conosco essa história.
      Que bom que você gostou do texto! Gratidão!!! Uma feliz semana pra você! Abç

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s