O que eu vejo…

Muita gente debateu sobre a foto do menino no Réveillon do Rio, a maioria obviamente vendo o quadro com olhar negativo: “vejo tristeza”, “vejo distância social”, “a cara do Brasil” , “intolerância racial”, e por aí vai….

Eu venho refletindo sobre essa imagem desde então – que aliás considero uma belíssima foto – e desde que a vi não percebi negatividade nela, em nenhum momento! E olha que de energia eu entendo, pois trabalho com isso. Sei quando algo ou alguém emanam uma energia de baixa frequência.

Então o que eu vejo?

1jan2018---menino-entra-no-mar-enquanto-pessoas-de-abracam-durante-as-celebracoes-de-ano-novo-na-praia-de-copacabana-na-zona-sul-do-rio-de-janeiro-1514910748877_615x300

Fotógrafo: Lucas Landau

Eu vejo Foco. Ao contrário da maioria dos demais, que estão pulando ondinhas, cumprimentando-se, abraçando-se, tomando sua espumante, fotografando, filmando, cantando, beijando-se, ele apenas olha para o que realmente interessa naquele momento: o show pirotécnico. Ele está Presente! Ele apenas olha, sem se importar com o resto. Não sei se ele está encantado, ou se apenas pensa ser mais um show de fogos como acontece todos os anos… fato é que ele apenas tem sua atenção voltada para o que importa naquele momento.

Se ele é pobre, de favela, negro, não está com um smartphone, nem com roupas brancas, naquele momento nada disso importa… ele apenas olha, dedica sua atenção a olhar, alheio a tudo e a todos, apenas observa. E dessa forma ele nos dá uma lição, nos envia uma mensagem muito importante: quando você está vivenciando algo, vivencie plenamente, tenha seu foco, sua atenção naquela vivência; esteja realmente presente! O que virá depois, o que anda ocorrendo a sua volta, os problemas, os obstáculos, o passado, o futuro, os outros… esqueça tudo isso no instante da experiência e viva-a plenamente.

Dizem que vemos o mundo como um espelho do que somos, então não vejo tristeza ou negatividade nessa foto. Vejo Presença! Vejo Atenção! Vejo alguém que Olha de verdade. É isso o que desejo para mim à partir de agora. É isso que desejo a todos!

“Vamos viver tudo o que há para viver… vamos nos permitir”!

FELIZ 2018!

Namastê! Aho! Blessed be!

Anúncios